As 7 "Idades" da Alma

 

  Bebê

    1.   Criança

    2.   Jovem

    3.   Madura

    4.   Velha

    5.     transcendental

    6.     Infinita

“A Idade da alma não é medida em anos mas sim em “Nível de percepção 
& 
experiência no plano físico”

Exemplo nº 2 - Aspecto da Alma Criança.


A mesma alma velha, pega o filho de um pouco menos de 2 anos de idade, e começa o treinamento do toalete. A razão ? bem.. o filho tem que aprender certas regras cedo. Caso uma visita apareça, a gente não quer fazer feio. Ir ao toalete é parte do centro instintivo - e durante as nossas vidas na floresta (como alma bebê) a gente ia atras da moita mesmo. Agora o filho tem que aprender a controlar o seu instinto e obedecer as autoridades (os pais). Outras lições seria comer cenouras, não brigar, arrumar a cama, não converse com estranhos, etc., (esta fase é conhecida pelos pais como: Fazer gente destes pequenos bárbaros). Construir uma estrutura dentro da família foram lições de quando alma criança, que agora esta ali disponível e vem a calhar.


Exemplo nº 3 - Aspecto da Alma Jovem.


Uma Alma Madura já trabalha para uma corporação a algum tempo. O seu focos é relacionamento, o que faria dela uma supervisora agradável, mas ainda ela tem que administrar as regras estritas da companhia e a mesmo tempo competir pela posição. Como ela já passou pelo estágio da alma jovem (competição e sucesso), tudo que ela tem que fazer é buscar acesso à esta habilidade de uma vida anterior e aplicar nesta. Todas as informações estão guardada dentro do seu subconsciente (akáshica pessoal).


Exemplo nº 4 - Aspecto da Alma Madura.


Uma Alma Velha faz trabalho voluntário em um campo de re-habilitação de usuários de droga. Sua experiência é vasta em muitos campos de atividades, mas não muito em lidar com vícios. Um jogo de cintura é necessário. O temperamento de alguns é ate meio violento (alma bebê). Bom relacionamento (alma madura)será indispensável alem   convencer o grupo a ter um comportamento civil (alma criança). O focos da Alma Velha é cooperação e integração. Este é sem duvida um campo fértil para o empreendimento e sucesso (alma jovem).


Resumo: Experiências de todas as idades da alma já vivida está disponível para o nosso acesso. Aproveite!


Trate os outros como você gostaria de ser tratado!!!


Será que este conceito funciona mesmo ? Talvez...mas o “tiro pode sair pela culatra” quando a gente esta cruzando a linha das idades da alma.


Exemplo: Uma alma velha, que já acumulou uma certa quantidade de sabedoria, pode querer ajudar uma alma jovem que está cheia de problemas... mas a jovem não está solicitando  conselhos. Parece ser uma boa idéia, não? ..


Só que se a jovem não tem ainda a capacidade de entender ou a vontade de ouvir o que a velha está falando, os conselhos vão cair em ouvidos “surdos” , ou pior ainda... causar tamanha irritação na jovem... mexendo até com a sua agressividade; (polo negativo da assertividade - “Modo”). A reação pode ser desastrosa para as duas.






*De novo, vamos lembrar que do ponto de vista espiritual, e perante a eternidade (o agora eterno) tudo acontece simultaneamente.

+Sobrevivência

Instintivo

- Medo

+Introvisão

Intelectual

- Raciocínio

Eixo da Inspiração

Veja o Diagrama abaixo

As 7 “Idades” da Alma

Bebê  -  Criança  -  Jovem  -  Madura  -  Velha

Transcendental  -  Infinita


Os 7 níveis da idade da alma

A “Idade” da Alma


As vezes, quando mencionamos a “idade” da alma percebemos alguns mal entendidos, o mesmo ocorre com a expressão “alma gêmea” que vamos clarificar mais tarde.

A idade da alma, neste contexto, nada ter a ver com “quando” Deus nos criou. No entanto, tem tudo a ver com a experiência que cada fragmento tem em viver no plano físico. Só podemos “subir” para Dimensões mais “avançadas” depois que tivermos domínio completo do atual - O planeta terra...


Vamos fazer uma analogia


Idade da alma verso um emprego novo em uma companhia.


Os primeiros 90 dias são considerados de “experiência” - Os supervisores observam o funcionário para ver se ele tem realmente aptidão e capacidade para o cargo. O empregado também está testando as águas no novo trabalho...será que é isto mesmo que eu quero ? Será que eu quero dedicar 35 anos da minha vida para esta companhia ? Esta seria a fase “Sobrevivência” O período equivalente a alma bebê.


Nos próximos anos passamos aprendendo as regras e cultura da companhia, criando assim a nossa “estrutura” (alma criança). Observamos o Supervisor, o que ele espera da gente. Aprendemos bem o nosso trabalho. Nos comportamos e acima de tudo...não criamos “marolas para o barco não virar”.


Nos próximos  anos criamos um plano para subir a “escada” da corporação. “Agora quero ser um supervisor, depois Gerente e depois Presidente da companhia”. Competição e sucesso é tudo que importa (Alma jovem). “Vou pisar em cima de todo mundo, se for necessário pra chegar aonde quero” diria o dito cujo. Vamos supor que o nosso herói conseguiu chegar a Gerente, mas Presidente não vai dar.


Agora vem as duvidas. “Poh... parece que todo mundo aqui está contra mim!!” (dah ah!!). “Ninguém me ama - ninguém me quer - a vida passa e eu...”. (Ansiedade - Alma madura).” Que vida sem perspectiva..será que saio deste emprego? - mas já dediquei mais de 30 anos..e agora?” 


“Bem...(reflexão)acho que vou ficar por aqui mesmo...dentro de cinco anos posso me aposentar...não vou jogar isto fora.

Ah!!! já sei...como tenho bastante experiência, vou ser instrutor dos novos funcionários” (Alma velha). Agora ele relaxa e espera a tão almejada aposentadoria. Pois é - a vida é mais ou menos assim.


Mais “velha” não significa “melhor”


Uma criança de 7 anos de idades,  ainda está no processo de aprender a tabuada. portanto não vai ter os conhecimentos e habilidades de um neuro-cirurgião. Numa convenção médica ela ficaria meio perdida. Não porque ela é menos inteligente, simplesmente porque ainda não viveu o suficiente, experenciou a vida ou estudou o necessário. O mesmo se aplica à uma alma mais jovem.


Tentar explicar um conceito de alma velha para uma alma jovem, pode não funcionar porque a segunda ainda vê a vida através de um prisma “jovem”. A velha não vai convencê-la de nada. Se a gente reconhecer uma pessoa como uma alma mais jovem, o melhor é ser compreensivo, paciente e tolerante. É isto que Jesus quis dizer com “jogar as pérolas para os porcos” - substitui a palavra “pérola” por “verdade”, aí tudo faz sentido.


“Idade da Alma versos Manifestação da Idade”


Biólogos estudam a “Lei Biogenética” que diz “a Ontogenia recapitula a Filogenia”. Este é o conceito defendido por certos cientistas, que diz que o fetos, no ventre materno, começa como um peixe com guelras até que eventualmente se torna um mamífero ou humano, imitando a evolução do planeta.


Todas a vezes que a alma encarna de novo, ela passa por todas a “idades” completadas (bebe, criança, jovem etc.) até chegar na idade que era, quando deixou a vida pela ultima vez.*


Portanto, é comum por exemplo, observar uma jovem de 17 anos de idade, que na realidade já tinha alcançado um nível de alma velha na vida anterior, manifestando características de uma alma jovem. Isto acontece com todos nós...passamos por todas as idade até mais ou menos a idade de 35 anos.

A esta altura começamos a manifestar a nossa “idade” real, porque começamos a diferenciar as crenças dos nossos pais, família, escola e da nossa cultura e estabelecer a nossas próprias crenças.

 

Se os nosso pais forem, por exemplo, almas crianças, e a gente mora em uma região de muitas almas crianças (cachoeira paulista, SP, por exemplo) o condicionamento desta idade pode ser tão forte, que a gente talvez acaba morrendo sem alcançar o nível mais velho. Um pouco mais raro mas possível, seria o contrario, uma alma criança criada por almas velhas, em um país de muitas almas velhas, ela pode apresentar características de alma velha apesar de ainda ser uma alma criança.


Quando isto acontece, podemos dizer que “Fulano de tal é uma alma jovem mas está manifestando comportamento de  alma velha,” ou “Ciclano é uma alma madura mas está manifestando características de alma jovem ainda porque ainda é muito jovem”.


Manifestação vs. Aspecto da Alma


Manifestação foi bem explicado acima, mas outro termo que o Michael usa é o “Aspecto da Alma”. Essência não esquece ou perde nenhuma lição aprendida, não só deste planeta mas como de qualquer outro a onde possivelmente já vivemos.


Quando situações aparecem no nosso dia a dia, talvez causando um conflito, a Alma busca tudo que ela sabe sobre aquela situação e como resolve-la no melhor modo possível.

O Ego pode ter outros planos, exemplo: “como posso lascar a vida daquele sujeito”. O Ego pode e bloqueia a Essência - devido ao livre arbítrio - partindo para a agressão. Sua Alma permite; Não interfere. Mas a outra pessoa pode se defender, impedindo que a pessoa seja “agredida” - ela também tem livre arbítrio. Aqui vai outro pensamento:


“Ofensa aceita é tão tóxica quanto ofensa dada”


Mas voltando ao aspecto da idade da alma. Vamos supor que um rapaz, alma velha, segundo nível - passe por esta situação:


Exemplo nº 1: Alma Velha usando o aspecto de Alma Bebê - sobrevivência.

Voltando pra casa, o carro desliza sobre uma ponte e cai no rio. A alma velha sabe nadar mas não é nenhum Cesar Ciélo. A correnteza é forte. Ele tem duas opções: ou nada ou afoga. O centro instintivo entra em ação. Se o polo negativo (medo) levar a melhor..ele entra em pânico e a situação fica complicada, mas se ele permanecer calmo...

o medo (polo negativo do centro instintivo) entra em contato com o polo positivo (introvisão) do centro intelectual (usando a parte intelectual do centro instintivo - linha vermelha) - e pula de volta para o polo positivo (sobrevivência) do centro instintivo (usando a parte instintiva do centro intelectual - linha azul)e começa a nadar em direção às margens do rio.(A linha verde é o eixo da inspiração) Já está confuso? Pois é, o subconsciente faz tudo isto numa fração de segundo, automaticamente.