As Profecias Celestinas

 



As Profecias Celestinas



A Primeira Profecia - A Massa Crítica.


Um novo despertar está ocorrendo na cultura humana. Um despertar que está abrangendo uma massa critica de indivíduos que estão passando por uma experiência em suas vidas de revelações espirituais. Uma jornada que nos leva em direção a muitas coincidências misteriosas.




A Segunda Profecia - O Longo Agora.


Este despertar representa a criação de uma visão global nova e mais completa, que substitui 500 anos de preocupação secular e conforto. Enquanto esta preocupação tecnológica foi um importante passo, nosso despertar para as coincidências da vida está nos abrindo para o propósito real da vida humana neste planeta, e da natureza real do nosso universo.




A Terceira Profecia - Uma questão de Energia.


Estamos agora caindo na conta que vivemos não em um universo material, mas em um universo de energia dinâmica. Tudo que existe é um campo sagrado de energia que intuitivamente sentimos. Alem do mais, nós, humanos, podemos projetar a nossa energia focando a nossa atenção na direção desejada... aonde a nossa atenção for a nossa energia vai... influenciando outros sistemas de energia e aumentando o passo das coincidências em nossas vidas.




A Quarta Profecia - A Luta pelo Poder.


Freqüentemente, os seres humanos se desligam da grande fonte desta  energia, sentindo-se fraco e inseguro. Para re-adquirir a energia tendemos a manipular ou forçar outros a nos dar atenção e como conseqüência a sua energia.

Quando temos sucesso em dominar os outros desta forma, sentimos mais poderosos, mas eles se sentem enfraquecidos e as vezes revidam. Competição pela escassa energia humana é a causa de todos os conflitos entre pessoas e nações




A Quinta Profecia - A Mensagem dos Místicos.


Insegurança e violência termina quando sentimos uma conexão interna com a energia divina interior, uma conexão descrita por místico de várias tradições. Uma sensação de leveza e flutuabilidade -   junto com a constante sensação de amor medem esta conexão. Se estas medidas estão presente, a conexão é real. Se não, é simplesmente falsa.




A Sexta Profecia - Removendo o Passado.


Quanto mais ficamos conectados, mas estaremos totalmente ciente das vezes que perdemos a conexão, normalmente sob tensão ou estresse.  Nestas horas podemos ver o nosso estilo particular de roubar energia dos outros. Uma vez que as nossas manipulações vem a tona, nossas conexões permanecem mais constante e podemos descobrir  o nosso caminho na vida, nossa missão e propósito espiritual - o nosso jeitinho de contribuir para o mundo




A Sétima Profecia - Atraindo o Fluxo.


Estando ciente da nossa missão pessoal, realçamos mais o fluxo das misteriosas coincidências enquanto somos guiados em direção aos nossos destinos. Primeiro temos uma pergunta; depois sonhos noturnos/diurnos e intuições nos levarão às respostas, que normalmente são sincronísticamente provida pela sabedoria de um outro Ser Humano. 




A Oitava Profecia - A Ética Interpessoal.


Podemos aumentar a freqüência das coincidência que nos guiam, elevando cada pessoa que aparecem nas nossas vidas. Cuidado tem que ser tomado para não perdermos a conexão por causa de relações românticas.  Elevando os outros é especialmente efetivo em grupos a onde cada indivíduo pode sentir a energia de todos os outros.  Com as crianças isto é extremamente importante para a sua segurança e crescimento inicial. Focalizando na beleza de cada rosto, elevamos os outros para a sua própria sabedoria aumentando assim as chance de ouvir a mensagens sincrônicas.




A Nona Profecia - A Cultura Emergente.


Assim que evoluímos em direção à finalização da nossa missão espiritual , os meios de sobrevivência tecnológicos ficarão totalmente automáticos enquanto os Humanos por vez, focam no crescimento sincrônicas. Este crescimento nos moverá à um estado mais alto de  energia, eventualmente transformando os nossos corpos em forma espiritual  e unindo esta dimensão de existência com a dimensão astral, terminando o ciclo de nascimento e morte.   




A Décima Profecia - Assegurando a Visão.


A décima visão é a realização de que através da história, os Seres Humanos, inconscientemente lutaram para implementar esta vida espiritual na Terra. Cada um de nós veio aqui para uma missão, e enquanto puxamos este entendimento para a nossa consciência,  poderemos relembrar a visão completa do que queríamos implementar com as nossas vidas. Adicionalmente lembraremos a visão global que tempos em comum. Sabemos que o nosso desafio é assegurar esta visão com intenções e orações diárias.




A Décima Primeira Profecia - Estendendo os Campos de Orações.


A décima primeira profecia é o método preciso através do qual asseguramos esta visão. Por séculos, escrituras religiosas, poemas e filosofias apontaram para o poder latente da mente dentro de todos nós, que misteriosamente afetam o que ocorrerá no futuro. Isto é conhecido como o “poder da fé, pensamento positivo, o poder das preces, etc.”

Estamos agora levando à sério este poder, o suficiente para trazer o conhecimento total dele à consciência do povo. Estamos descobrindo que o poder das preces é um campo de intenção, que move de dentro do nosso ser, podendo ser ampliado e re-enforçado, especialmente quando conectamos com outros de visão similar.

Este é o poder através do qual asseguramos a visão espiritual do mundo  e enriquecemos a nossa energia interior e nos outros, transformando esta visão em realidade.  




A Decima-Segunda Profecia...


Este livro acabou de ser lançado...mais informações assim que possível.

 


  1. *Para mais informação sobre este assunto, sugiro ler o livro “Profecias Celestinas de James Redfield - disponível em Português.

  2. *James Redfield: http://www.celestinevision.com/


**Significado de Estóico:

Relativo ao estoicismo; adepto dessa filosofia. / Fig. Diz-se de um indivíduo firme, senhor de si mesmo; inabalável, impassível, austero: ter um comportamento estóico na desgraça

 

Drama de Controle*

Existe quatro maneira de uma pessoa arrancar energia da outra,  através do Drama de Controle:


  1. 1.Intimidação.

  2. 2.Síndrome de vítima (coitado de mim).

  3. 3.Interrogação.

  4. 4.Estoicismo**.

Como funciona?


  1. 1.A intimidação: ameaças; agressividade; bully, etc. são umas das formas mais agressivas de se tirar energia do outro.  O intimidador prende a atenção do mais fraco drenando a energia do mesmo, que ele pensa que precisa. O outro faz o papel de “vítima”.

  2. 2. A vítima se defende através do “coitado de mim”, numa tentativa desesperada de recuperar a energia roubada pelo intimidador  - se isto não funcionar, ele pode revidar com violência, possivelmente se tornando um outro intimidador no futuro. As “vitimas” são aquelas pessoas que só com a sua presença, te faz sentir “culpado” por tudo que está acontecendo com ele, como se você “devesse” algo à ele. Na verdade, ninguém é vítima de nada - vítimas não existem. É um papel que atuamos para arrancar passivamente a energia do outro. Se alguém se identifica como vítima, e se acha no direito por que alguém aprontou com ele, lembra-se que “assumir responsabilidade por tudo que te acontece na sua vida é um modo muito poderoso de se viver”.


Exemplo 1: Intimidação versos Vítima.

Uma mãe que está encarregada de disciplinar uma criança pode recorrer à intimidação (Vou contar para o seu pai... ai você vai ver o que é bom...). Através da ameaça a mãe arranca a energia da criança. Como defesa, a filha/o pode implorar “perdão”(dar uma de vitima) e prometer nunca mais “fazer isso”, deixando a mãe com dó, escapando do castigo e no processo arrancando a energia de volta da mãe.  Esta troca troca, normalmente deixa um dos dois mais fraco (energeticamente). O contrario pode acontecer, como seria o caso de um adolescente ameaçar a sair de casa, ir pra gandaia e voltar bêbado ou drogado, deixando a mãe com aquela cara de vítima, devastando toda a energia dela.


  1. 3. Interrogação: Neste caso, uma pessoa interroga a outra com o               intuito de descobrir algo de errado com a resposta e atacar o interrogado com alguma espécie de crítica.  Se o interrogador tiver sucesso, ele puxa o outro para o seu drama, consequentemente arrancando energia do mesmo.  O interrogado se torna estóico e retraído.

  2. 4. Estoicismo:  Como um sistema de defesa e para conseguir trazer a energia de volta, o interrogado recorre ao estoicismo, tornando-se distante e vago com as suas respostas. Normalmente se reconhece um estóico pelas suas expressões preferidas: “e daí !!!!” -  “Seja lá o que Deus quiser”, “Sei lá!”.


Exemplo 2: Interrogação versos Estoicismo.

Vamos dizer que todo santo dia quando o marido chega do trabalho, a mulher enche o saco, fazendo as mesmas perguntas: O que você fez hoje? E aquela enxerida da sua secretária... ? Quando você vai receber um aumento? etc. etc. “Sei lá - Me deixa em paz mulher”.

A mulher responde: Nossa!.. Só fiz umas perguntas... não precisa ser tão rude assim..”.

Eventualmente o marido pega umas cervejas, se tranca no quarto e liga a TV...- - Ele se torna estóico para se livrar das interrogações e não se sentir mais sem energia depois de um dia de trabalho. Ela tenta arrancar energia dele (sub-conscientemente) através da interrogação e ele tenta pegar a energia dela através do estoicismo.


Cada um de nós temos os nossos próprios “Dramas de Controle”, portanto sugiro um auto inventário para definir qual é o seu. Em geral, a maioria das pessoas edificam o seu drama durante a infância.

Tenta lembrar qual era o drama dos seus pais... como eles se  comportavam para arrancar a sua energia. Também os profesores, amigos, primos, tios, etc. Identificar e remover este drama quase exige dinamite, mas reconhecer o drama de cada membro da família que influenciou a sua vida é o primeiro passo para reconhecer o seu drama e remove-lo. O meu, quando jovem, era o “síndrome de vítima”. Hoje o meu drama tende mais a ser “estóico”.


Solução: Cair na conta que só existe uma fonte válida de energia - O Criador. Quando sentimos esgotados de energia, imediatamente devemos nos conectar com a Fonte Universal (Deus) para nos reabastecermos. Se sentirmos que uma pessoas está tentando nos arrancar energia através de qualquer um dos métodos acima, ou qualquer outro método, a melhor coisa será voluntariamente “mandar” energia para aquela pessoa.  Assim a nossa ‘taça” estará sempre cheia.