Dominação

 

Dominação: Dominar é o outro lado da moeda da Submissão. É uma das “mônadas” clássicas. Como a submissão, a meta da dominação abrange 10% da população terrestre e também do Brasil.

Como norma, pessoas que escolheram esta meta tem a tendência de subir as escadas do sucesso em uma velocidade bem mais rápida do que o resto das outras metas. Se tornam líderes dentro da família, no trabalho, nas instituições ou até no colégio como presidente de alguma organização estudantil.

Como carreiras, tendem a escolher cargos elevados dentro das forças armadas, presidentes das companhias ou qualquer outra carreira que facilitariam “dominar” outra pessoas. O velho conceito da mãe dominadora tem a ver com esta meta...e de preferência escolhem um companheiro submisso (o outro lado da moeda).


Focos: “Posso...ganhar, vencer, etc.”

            “Vou ser o Líder”

            “Quem manda aqui sou Eu”

            “Cala a boca seu palerma”


Polo Positivo: Liderança; mestre; autoridade; capaz e uma atitude de “ganha ganha”. Este termo “ganha ganha” não é muito usado em português, mas acontece quando a pessoa arma situações envolvendo duas ou mais outras em que todos saem ganhado. Neste polo, eles são um modelo para o outros. A capacidade de liderar é natural para eles.


Polo Negativo: Ditatorial; exigente; opressivo; intimidador; insensível, autoritário; controlador; egoísta e com aquela atitude de “vou ganhar e você que se dane”. Neste polo, eles querem impor o seu ponto de vista nos demais, obter o que querem a qualquer custo e não hesitam em passar por cima de quem quer que seja. Como a maioria dos pólos negativos, este é super kármico. No caso do mônada “dominação versos submissão” ele prefere o primeiro mas em uma outra vida vai ter que escolher o segundo para igualar o karma. Usam o método de intimidação para arrancar energia dos outros, que na maioria dos casos recorrem ao síndrome de “vítima” para arrancar a energia de volta do intimimador.


Eixo da Ação: Assim como a submissão, esta meta pertence ao eixo da ação. Isto implica um movimento em direção ao domínio, ser o “cachorro de cima”. Pessoas com esta meta sentem que a sua vida “funciona”melhor se eles pegarem a liderança. De certo modo, esta meta nos lembra do “Rei” ou do modo conhecido como “Assertividade”.


Posição: Cardeal ou Exaltada.


Famosos: Fidel Castro; Mike Tyson; Karl Marx; Ho Chi Minh; Júlio Cesar; Alexandre o grande; Mao Tse Tung; Mozart e os nossos ex-presidentes Castelo Branco; Washington Luiz; Getúlio Vargas; Ernesto Geisel e a maioria dos “presidentes”militares.

As 7 Metas: O Motivador Primário
Crescimento  -  Aceitação  -  Dominação
Relaxamento
Submissão  -  Discriminação  -  Reavaliação7_Metas.htmlCrescimento.htmlAceitacao.htmlRelaxamento.htmlSubmissao.htmlDiscriminacao.htmlReavaliacao.htmlshapeimage_1_link_0shapeimage_1_link_1shapeimage_1_link_2shapeimage_1_link_3shapeimage_1_link_4shapeimage_1_link_5shapeimage_1_link_6shapeimage_1_link_7